h1

Vamos jantar esta semana?

Dezembro 21, 2009

Nesta segunda sondagem estarão sujeitos a escrutínio 7 restaurantes: “110 – Restaurante Bar Galeria” (Miguel Bombarda), “O Comercial” (Ribeira), “Paladar da Alma” (Baixa- Almada), “Buhle” (Foz), “Sessenta Setenta” (Massarelos – Miragaia), “Costume Villa” (Boavista) e “Porto e Vírgula” (Baixa, Clérigos).

O restaurante “110” é ideal para quem procura algo diferente. Situado na zona de Miguel Bombarda, foi escolhido para a votação por aliar a boa cozinha à arte, dispondo não só de restaurante, bar e cafetaria, como de galeria.

Para representar a zona da Ribeira na sondagem elegemos o restaurante “O comercial” por se situar num edifício de referência: o Palácio da Bolsa. “O comercial” apresenta-se como um local clássico, com um estilo muito próprio.

O “Paladar da Alma” vai a votos por ser um restaurante alternativo, de cozinha vegetariana. Situado na zona da Baixa – Almada, é um espaço moderno que se distingue pela cozinha saudável a um preço acessível.

O “Buhle”, situado na Foz, alberga restaurante, bar e sala de chá. Um espaço encantador, bastante moderno, que oferece não só uma cozinha variada e de requinte como um ambiente cosmopolita e uma carta de vinhos cuidadosamente elaborada.

Quem opta pela zona de Massarelos, em Miragaia, e entra no restaurante “Sessenta Setenta”, situado entre as ruínas do antigo Convento de Monchique, não imagina a surpresa que o espera: uma doce vista sobre o Rio Douro.

O “Costume Villa”, situado na zona da Boavista, é mais do que um simples restaurante: é um espaço de requinte, primado pela boa cozinha internacional e pelo sushi. O terraço tranquilo é o local perfeito para os apreciadores de vinho degustarem os sabores oferecidos pelo seu Wine Bar.

Situado nos jardins da Cordoaria, o restaurante “Porto & Vírgula”, restaurante não mencionado no “o porto cool“, mas que foi seleccionado por se encontrar nas imediações do emblemático “Piolho“, condensa num só espaço modernismo, boa cozinha e preço acessível. A decoração, em linhas modernas e tonalidades atractivas, torna qualquer refeição num momento único.

h1

Resultado da Primeira Sondagem – Bares da Cidade do Porto

Dezembro 21, 2009

Caso algum dos espaços vencedores (Maus Hábitos e Contagiarte) se oponham à captação de imagens ou realização de reportagem, automaticamente será substituído pelo seguinte mais votado.

h1

Hoje… vai um copo?

Dezembro 17, 2009

Sair para beber um copo… Quantos de nós o fazemos? Uma vez por mês, uma vez por semana, todos os dias! Um hábito marcadamente urbano, que na Cidade do Porto ganha uma dimensão colossal. A primeira sondagem debruçou-se precisamente sobre esta temática: os bares da Cidade do Porto… A escolha não foi fácil, no entanto, o nosso principal objectivo foi tentar colocar ao dispor dos “votantes” espaços de referência e diferentes entre si. Sabemos, à partida que, não é possível agradar a todos. Para isso, seria necessário colocar uma infinidade de opções ou a possibilidade de resposta aberta, que dificultaria o tratamento, não se obtendo, assim, resultados significativos.

Zona da Baixa – Aliados

Maus Hábitos” (Rua Passos Manuel), para além de ser um espaço emblemático da Cidade do Porto, foi escolhido em detrimento do “Passos Manuel”, por, este último ter um ambiente muito escuro e de difícil captação de imagens.

Zona da Baixa – Almada

Armazém do Chá” (Rua José Falcão), um espaço anteriormente ocupado por uma empresa de torrefacção, foi transformado num café-bar alternativo que mantém a traça rústica e ampla original e ao mesmo tempo oferece um ambiente cosmopolita que tem tudo para incentivar uma saída após o jantar. Um exemplo da simbiose ente clássico e urbano.

Zona da Foz

No que diz respeito a animação de qualidade, ambiente seleccionado e muito atractivo, o “Twin’s” (Rua Passeio Alegre) é, sem dúvida um espaço de referência. Com uma decoração requintada e cosmopolita, por aqui têm passado algumas das melhores festas do país.

Zona de Massarelos – Miragaia

Marrakesh” (Rua Cais das Pedras) é um exemplo da diversidade que pretendemos apresentar. Com um ambiente confortável, relaxante e com música oriental este é um espaço exótico que oferece toda uma experiência de influência marroquina.

Zona da Boavista

O “Triplex” (Avenida da Boavista) é uma outra combinação perfeita entre o clássico e o urbano: um espaço e ambiente sofisticados, mas sem perder a traça original d o soalho de madeira desgastado, do estuque nos tectos e das molduras das portas.

Zona da Baixa – Clérigos

Onde outrora existia uma conhecida livraria da baixa do Porto, está agora um agradável café-bar, a “Casa do Livro” (Rua Galerias de Paris), com um conceito totalmente novo: simultaneamente clássico e cosmopolita.

Zona de Cedofeita

Mais do que um bar, o “Contagiarte”, bar não mencionado no “o porto cool“, mas que foi seleccionado por ser conhecido pela sua dinâmica activa e reconhecida, (Rua Álvares Cabral) é um espaço alternativo e multidisciplinar, que alia a componente de bar à dimensão artística e cultural. Num edifício do fim do séc. XIX, o objectivo é juntar sob um mesmo tecto arte, convívio e lazer.

h1

Produziremos aquilo que quiser ver retratado!

Dezembro 10, 2009

O projecto “Cultura Urbana & Cultura Clássica – Porto” tem como objectivo principal potenciar a cultura clássica, partindo da cultura urbana da Cidade do Porto, tentando-se criar uma simbiose perfeita entre ambas. Este projecto-piloto será, à partida, uma forma invertida de aproximar públicos da cultura da Cidade, saindo das exclusivas plataformas de papel.

O conceito inovador deste trabalho prende-se com o facto de tudo o que vier a ser produzido, advenha das motivações e escolhas dos seguidores do grupo (criado no Facebook) que tenham participado nas nossas sondagens. O nosso lema assentará na máxima Produziremos aquilo que quiser ver retratado!.

E porquê o Facebook? O Facebook é uma das redes sociais mais usadas a nível mundial. Segundo o “Press Room” do Facebook, existem mais de 350 milhões de utilizadores activos, sendo que 50% deles fazem log in todos os dias. Neste sentido, poder-se-á criar uma aproximação com o “público” da cidade, usando uma potencialidade, que normalmente não será reconhecida, a uma rede social.

Neste sentido, serão efectuadas cobertura jornalísticas, no âmbito do jornalismo cultural, de restaurantes, cafés, bares, discotecas, lojas de roupa, espaços alternativos, galerias de arte, mostrando, a posteriori, que elementos da cultura clássica podem ser visitados nas redondezas.

A ideia base deste projecto centra-se, então, num conjunto de “sondagens” (periódicas), via Facebook. Através de listas de elementos de cultura urbana, espaços retratados no blog “o porto cool”, foram seleccionados sítios ou espaços urbanos, dos quais os seguidores do grupo “Cultura Urbana vs Cultura Clássica – Porto” podem decidir aqueles que querem ver retratados nas nossas peças jornalísticas.

Neste sentido, findas as sondagens (periódicas), os resultados são anexados ao “mural” do grupo, e passar-se-á à fase do trabalho de campo. Sendo que, caso algum dos espaços (vencedores) se oponha à captação de imagens ou realização de reportagem, automaticamente será substituído pelo seguinte mais votado.